Setembro Verde

Prevenção do Câncer no intestino

A Campanha de prevenção ao Câncer de Intestino integra o calendário de ações do Setembro Verde. Em 2019 as ações no Hospital do Câncer de Rio Verde aconteceram de 16 a 30 de setembro na recepção do ambulatório. Mulheres e homens acima dos 40 anos foram o público alvo. Nesta edição da campanha 523 pessoas foram atendidas e posteriormente receberam os resultados, 48 exames apresentaram alterações. As ações foram realizadas em parceria com a secretaria Municipal de Saúde, Faculdade UniBras, Instituto Quality, Senac e Universidade de Rio Verde (UniRV).

Câncer de Intestino

O intestino é formado por duas grandes regiões. A parte mais fina, chamada intestino delgado, está relacionada com a digestão e a absorção dos alimentos. A parte mais grossa, o intestino grosso, é a responsável pela absorção da água, armazenamento e eliminação dos resíduos da digestão. É raro haver câncer no intestino delgado. No entanto, o câncer no intestino grosso, também chamado de câncer de cólon ou colorretal, que ocorre quando o tumor se localiza no reto ou no final do intestino grosso, é o terceiro mais comum entre os homens, e o segundo entre as mulheres, no Brasil. Em 2017 foram registradas 18.875 mortes, sendo 9.207 homens e 9.660 mulheres. Os principais sintomas de câncer de intestino, como diarreias frequentes, sangue nas fezes ou dor na barriga, podem ser difíceis de identificação porque são sinais que também podem ocorrer devido a problemas comuns, como infecção intestinal ou hemorroidas. Além disso, os sinais variam de acordo com a localização do tumor e gravidade da doença, sendo recomendado procurar o médico quando os sintomas persistem por mais de 1 mês