Setembro Verde

Prevenção do Câncer no intestino

Segundo o Instituto Nacional de Câncer - INCA, em 2018 o Brasil teve 36.360 (trinta e seis mil, trezentos e sessenta) novos casos de câncer de intestino, sendo 17,380 homens e 18.980 mulheres. São considerados câncer de intestino os tumores que se iniciam na parte do intestino grosso chamada cólon e no reto (final do intestino, imediatamente antes do ânus) e ânus. Uma considerável parte desses tumores têm início a partir de pólipos ou lesões benignas que crescem na parede interna do intestino grosso. Na maioria dos casos com tratamento adequado é curável, quando ainda não se espalhou para outros órgãos.

Os principais fatores que contribuem para o desenvolvimento do Câncer de Intestino são:

- Excesso de peso corporal e alimentação não saudável;
- O consumo de carnes processadas;
- A ingestão excessiva de carne vermelha;
- Tabagismo e consumo de bebidas alcoólicas;
- História familiar de câncer de intestino, história pessoal de câncer de intestino, ovário, útero ou mama;
- Quem tem doenças inflamatórias no intestino devem ter acompanhamento médico, pois, são mais propícias a ter câncer de intestino.
- É mais comum pessoas com idade igual ou acima de 50 anos desenvolverem esse tipo de câncer.