Dezembro Laranja

Prevenção do Câncer de Pele

Os cuidados com a pele vão além de tratamentos de beleza com cosméticos e afins. A Campanha Dermatologia em Ação realizada no Hospital do Câncer de Rio Verde em 9 de novembro, chamou a atenção para doenças como câncer de pele, hanseníase e psoríase. A campanha contou com a parceria da secretaria de estado de Saúde e prefeitura de Rio Verde. Foram feitos 377 atendimentos e 97 procedimentos (cauterização exérese). As ações foram realizadas em parceria com a Sociedade Brasileira de dermatologia Regional de Goiás (SBD-GO), secretaria municipal de Saúde, Faculdade UniBrás, Instituto Quality, Senac e Universidade de Rio Verde (UniRV).

Prevenção do Câncer de Pele

O câncer de pele é o mais frequente no Brasil e corresponde a cerca de 30% de todos os tumores malignos registrados no país. É o tipo mais grave, devido à sua alta possibilidade de provocar metástase (disseminação do câncer para outros órgãos). O melanoma pode aparecer em qualquer parte do corpo, na pele ou mucosas, na forma de manchas, pintas ou sinais. Nos indivíduos de pele negra, ele é mais comum nas áreas claras, como palmas das mãos e planta dos pés. Porém, se identificado nas fases iniciais as chances de um tratamento menos agressivo são maiores. Ações como exposição prolongada e repetida ao sol (raios ultravioletas - UV), principalmente na infância e adolescência exposição a câmeras de bronzeamento artificial, ter pele e olhos claros, com cabelos ruivos ou loiros, ou ser albino e ter histórico familiar ou pessoal de câncer de pele aumentam as chances de adquirir a doença. O Instituto Nacional do Inca estimou em 2018 que o Brasil teria ao menos 6.260, sendo 2.920 homens e 3.340 mulheres. Uma das principais formas de prevenção é evitar a exposição ao sol.v